Acesse Nossas Redes Sociais

Direitos

Pedi Demissão: Quais os Meus Direitos?

Publicado

em

Pedi demissão, mas não sei se terei direito. E agora? Essa também deve ser a sua dúvida se estiver querendo sair do seu emprego atual, não é verdade?

Se um funcionário quer pedir demissão do trabalho, ele deverá comunicar a empresa com antecedência, tendo o prazo de no mínimo 30 dias para avisar. Caso ele não opte por trabalhar nesse tempo, ele terá o valor descontado do seu salário de rescisão.

Esse mesmo período onde o trabalhador comunica sua decisão é chamado de “Aviso prévio”. Existem direitos para aqueles que pedem demissão com e sem esse aviso, e eles são bem claros na CLT.

Você quer pedir demissão, mas ainda não sabe a maneira certa para garantir seus direitos? Então leia abaixo para saber mais sobre as leis.

direitos-pedido-de-demissao Pedi Demissão: Quais os Meus Direitos?

Como pedir demissão para receber meus direitos?

O processo de demissão é delicado, sendo importante ter conhecimento de todas as ações que serão tomadas e ter precauções de todos os tipos de imprevistos. Para pedir demissão e ter os seus direitos, faça da seguinte forma:

Pedi demissão para o RH, estou correto?

Você quer pedir demissão, mas com quem falar primeiro? Com o gestor? RH? Colegas do trabalho? Essa é a dúvida de diversas pessoas quando o assunto é pedir demissão.

É importante dizer que seus colegas de trabalho não podem saber de nada antes do seu próprio chefe, evite fofocas e murmurinhos que possam comprometer sua imagem na empresa.

Se estiver pensando em pedir demissão, guarde os planos com você até ir conversar com o superior direto. Somente ele poderá atender o seu pedido e passar todas as orientações que você deverá seguir.

Pedi demissão, mas não sei como explicar o motivo

Os gestores precisam entender que as pessoas podem trocar de emprego por diversos motivos, e eles precisam de maturidade para aceitar isso. Portanto, o trabalho não precisa inventar nenhuma história mirabolante para justificar a decisão.

Explique de forma verídica, as motivações que levam a decisão, seja por algo pessoal, inadequações em funções propostas ou na remuneração. Esse tipo de informação pode ser positiva para a empresa, que poderá mudar a descrição da vaga ou selecionar novos profissionais mais interessados nela.

Pedi demissão com antecedência, quanto tempo devo esperar?

Pedi demissão, mas não sei quanto tempo devo esperar na empresa, o que fazer? Ao solicitar a demissão a sua ausência será sentida nas suas funções dentro da empresa, portanto, de um tempo para que a empresa consiga encontrar alguém para te substituir.

A legislação trabalhista prevê a possibilidade de um aviso prévio de até 30 dias. Se tiver a opção de escolher, tenha uma conversa com o gestor e RH para cumprir o período do aviso.

Se já tiver uma outra proposta de emprego e que seja de início imediato, você pode tentar negociar se conseguir algum tempo para conseguir fazer a mudança de uma para outra.

pedi-demissao-quais-meus-direitos Pedi Demissão: Quais os Meus Direitos?

Quais são os direitos ao pedir demissão

Quais são os meus direitos agora que pedi demissão? Essa é a dúvida de centenas de cidadãos que pedem para sair do emprego em que estão. Veja quais são os direitos:

13° salário proporcional

O 13° salário proporcional é direito de todo funcionário, o valor deve corresponder ao mês ao qual foi solicitado a demissão.

Para conseguir saber o valor que deve receber, some os meses que trabalhou e calcule a equivalência com o valor do 13°. Por exemplo, se pedir demissão no mês 5, então receberá 5/12 do total do 13° salário.

Saldo de salário

O saldo corresponde aos dias que foram trabalhados no mês que o trabalhador pediu demissão. Digamos que ele tenha trabalhado por dez dias após formalizar o pedido, então terá um saldo para receber que seja equivalente a esses dias.

Férias

Aqui, é importante que o trabalhador saiba o período que tirou férias ou não, pois algumas considerações devem ser avaliadas nas contas finais. Como:

  • Se ultrapassou o período determinado por lei sem retirar as férias que são de direito do cidadão, e poderá receber pelas férias em dobro
  • Se tiver em dia com as férias, não poderá usufruir do direito, sendo essa denominada de “férias simples”
  • Se o período aquisitivo estiver decorrendo, o empregador deve fazer a conta das férias levando em consideração os 12 meses trabalhados, sendo essas chamadas de “férias proporcionais”.

O trabalhador que pedir demissão não terá direito ao FGTS nem aos 40% da indenização que é reservado para demissões por justa causa.

pedi-demissao-direitos Pedi Demissão: Quais os Meus Direitos?

Conseguiu entender a importância de conhecer o processo de formalização para pedir demissão e manter os seus direitos? Existem pormenores que acompanham todo esse procedimento, portanto, é importante ficar sempre informado.

Todas as explicações passadas acima, te ajudam a pedir demissão sem ter nenhum problema com a empresa e sem fechar portas para possíveis oportunidades no futuro.

Encontrou algo errado ou não atualizado? Fale conosco deixando um comentário ou enviando um e-mail para: [email protected]
hpg-google-news Pedi Demissão: Quais os Meus Direitos?
Compartilhe:

Equipe de Redação do Hábito Pragmático (HPG). Todo conteúdo passa um processo de elaboração, verificação e aprovação antes de ser publicado aqui no HPG e periodicamente os artigos são revisados e atualizados para manter uma informação de qualidade. Pragmático significa Prático, Realista e Objetivo, e é exatamente essa a nossa proposta, fornecer um conteúdo de qualidade, prático e de fácil compreensão.

Clique para comentar

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conteúdo da Página

Novidades

Colunas

Páginas

Conteúdo em Destaque

HPG - Hábito Pragmático é gerido por Miidia Serviços de Publicidade Web EIRELI – CNPJ 14.444.032/0001-90 - Contato: [email protected] - Todo nosso conteúdo é original, de propriedade do HPG e pode ser reproduzido, desde que apontada a devida fonte com um link para nossa Home Page ou página em questão. Conteúdo de ordem Prática, Objetiva e Realista.